Terça-feira, 04.07.17

Foi o sonho mais bonito que poderia ter tido, que poderia ter pedido. Cair nos teus braços por obra do acaso e chamar-te amor desde o primeiro instante. Ter-te reconhecido a metros de distância e saber que era para ti a minha direcção. Foi do mais impensável a forma como te tratei, a forma como me trataste. Saberes que não poderia haver outra pessoa no mundo que não eu e teres dito, para que não restassem duvidas. Foi a magia de um dia de morte que te trouxe até mim na noite em que caiu... tão normal! Tão banal! Mas que se tornou em algo que nem eu poderia ter imaginado. E naquele momento fui abraçada por mil fadas que me sussurravam o quanto estava certo eu estar nos teus braços e tu, tão meigo, tão certo desse momento estar certo. Foi aquele sonho que nunca poderia ter sonhado, mesmo estando tão perto do quase de o ter imaginado, mas que o subconsciente acabou por me oferecer como dádiva dos céus. Ainda mais belo, mais correcto, mais real. Eras tu e era eu. O mundo não sei! O mundo estava mesmo à minha frente, nos teus olhos, nos teus braços abertos, nas tuas belas palavras que me encantaram como as primeiras gotas de uma chuva de um verão escaldante. E o teu mundo era eu. Tão cheia de imperfeições e de incertezas mas tão certa do quanto te amo e em como isso nunca mudará nem com o passar de mil anos. Porque tu és tu. O meu coração, a minha alma. És tu! E foi como se chovesse magia, como se o vento nos abraçasse num remoinho de paz, de alento, como se o sol brilhasse só para nós. E de repente nada mais interessa. Até porque é assim o amor. Que mais pode interessar do que o bater do meu coração a sussurrar o teu nome? Que mais pode importar do que o brilho dos meus olhos perante ti? O que significaria tudo o resto se estavas ali e eu também ali e do nada nos tornamos o centro de um jardim a desabrochar na primavera? E foi como se tudo fizesse sentido de novo. Foi como se nunca nos tivéssemos separado pelas linha do tempo e das histórias das nossas vidas. Mas foi bonito! Foi como sempre eu quis que fosse. Eu e tu! Não importa onde nem porquê! Eu e tu! Tu! Porque o 'eu' também não importa. Foi um sonho. Apenas um sonho. Que me fez sorrir horas a fio e pensar em como a vida poderia ser diferente. Em como nós poderíamos ser diferentes ma, no entant, iguais a nós próprios... Apenas deveríamos ter ouvido melhor as batidas do coração e seguir o seu caminho. Agora resta-me sonhar. Já não creio sequer que tenha forças para lutar. Os anos passaram. As histórias ofuscaram-se. Mas tu serás sempre eterno em mim, nos meus sonhos, nas minhas palavras e muito mais no meu coração. E eu quero tanto dizer-te o quanto te amo. Será que o sabes? Será que também sonhas comigo?



publicado por mafalda às 21:26 | link do post | comentar

Quarta-feira, 15.02.17

hoje deu-me umas saudades de todos vocês

de quem me acompanhou nos bons e nos maus momentos

de quem me aconselhou 

de quem perdeu o seu precioso tempo a ler as minhas palavras, as minhas dores, os meus amores, os meus sentimentos

a todos, o meu obrigada

e a promessa que vou passar por aqui mais vezes

tenho saudades vossas

dos nossos momentos

das trocas de comentários

das historias

e, sobretudo, desta amizade que tem tanto de virtual como de nostalgica

a todos, o meu até já

e a promessa que vou passar pelos vossos cantinhos e rir e chorar e sonhar com as vossas palavras

com a vossa companhia



publicado por mafalda às 16:28 | link do post | comentar

Quarta-feira, 07.01.15

index.jpg

 

 

 



publicado por mafalda às 21:58 | link do post | comentar

Sábado, 01.06.13

 

estou a olhar para ti mas tu nem sabes porque estás de costas, vidrado no teu portátil e nesse jogo de tiros que por vezes me incomoda quando quero ouvir o que vai dando na tv.

às vezes, muitas vezes, quase chego a sentir ódio de ti... por inúmeras razões... algumas que conheces, outras que não queres conhecer.

a nossa história já dava para encher muitas folhas; um amor que nunca foi fácil.

na verdade, já passamos por muita coisa... tanta coisa!!!! mas continuamos juntos,

isso quer dizer alguma coisa, não?!

mal tu sabes que estou a pensar naquele dia em que me deste a maior prova do teu amor e eu, ao ver o dvd, chorei com o que escreveste e com a música que tão bem escolheste... nunca foste de mostrar isso do amor... mas surpreendeste-me! e eu, que me julgava indigna de ser amada, aterrei no chão, saí do meu mundinho, acordei das minhas fantasias e dei conta que o amor pode ser para todos... até para mim.

sim, já passamos por muita coisa... tanta coisa!!! mas estamos aqui, juntos!

discussões...

beijos e abraços...

discussões...

beijos e abraços...

mais discussões.

agora estou aqui, deitada na cama, a olhar para ti, e tu de costas a jogar esse jogo maldito de tiros e zombies, e lá fora já se ouve a música da festa dos santos populares, e eu, deitada na cama, com o portátil pousado nas pernas, a fazer mil e uma coisas nesta coisa que é a internet, e tu... sem saberes que estou a olhar para ti enquanto penso em todas as dúvidas que constituem o amor, continuas a jogar e vais dizendo "daqui a pouco vou tomar banho", e eu estou cansada e com sono e com vontade de me esconder de tudo e de todos... sim, de ti também.

isto do amor não é fácil, não é um filme, não é uma música, não é um conto... é uma vida... quer dizer, são duas vidas que formam uma.

é a nossa vida

o nosso caminho

o nosso projecto

pelo menos, por agora...

 

 

I know you've suffered
But I don't want you to hide
It's cold and loveless
I won't let you be denied

Soothing
I'll make you feel pure
Trust me
You can be sure

I want to reconcile the violence in your heart
I want to recognise your beauty is not just a mask
I want to exorcise the demons from your past
I want to satisfy the undisclosed desires in your
heart

You trick your lovers that you're wicked and divine
You may be a sinner
But your innocence is mine

Please me
Show me how it's done
Tease me
You are the one

I want to reconcile the violence in your heart
I want to recognise your beauty is not just a mask
I want to exorcise the demons from your past
I want to satisfy the undisclosed desires in your
heart

Please me
Show me how it's done
Trust me
You are the one

I want to reconcile the violence in your heart
I want to recognise your beauty is not just a mask
I want to exorcise the demons from your past
I want to satisfy the undisclosed desires in your
heart



música muse - undisclosed desires

publicado por mafalda às 22:50 | link do post | comentar | ver comentários (1)

Segunda-feira, 20.05.13

... não me mete confusão!

ela fez o que quis fazer com o corpo que é dela

e quê???

antes tinha 87% (salvo o erro) de probabilidades de desenvolver cancro na mama e agora tem 5%

não está mal

mas também é preciso ver que ela fez implantes mamários

portanto ninguém notará a diferença

 

agora a moça quer retirar os ovários

retira o que é dela!!!

mas...

... não estará um bocado assim para o paranóica???

 

 

 

(imagem retirada da internet)

 



publicado por mafalda às 16:19 | link do post | comentar

Sexta-feira, 17.05.13

 

sra. dona qualquer-coisa - oh menina, queria um verniz bieber

carla - desculpe!!!!

sra. dona qualquer-coisa - um verniz menina!

carla - um verniz quê????

sra. dona qualquer-coisa - bieber, menina!

carla - ??????????

sra. dona qualquer-coisa - oh menina, é inglês!

carla - eu tive inglês muitos anos e nunca ouvi falar em verniz bieber...

sra. dona qualquer-coisa - é assim cor de prata!

carla - aaaaahhhhhh!!!!! um verniz silver!!!!!

 

é isto que temos todos os dias


tags:

publicado por mafalda às 21:04 | link do post | comentar

Terça-feira, 14.05.13

lembram-se daquela música dos sitiados "vamos ao circo do amor, meninos e meninas..."?

pois há pessoas que sempre que vejo me fazem lembrar essa música

mas não é por ser um circo de amor

é mesmo um circo de bizarrices...


música vamos ao circo-sitiados
tags:

publicado por mafalda às 10:20 | link do post | comentar | ver comentários (1)

 

- oh menina

- sim, sr. rufino

- sabe mesmo o que eu estava a precisar?

(eu com a minha paciência matinal) - diga lá, sr. rufino

- uma lâmpada de 12w mas, sabe, tem de ser em "legos"

- ahhhhh?????

- sabe, menina, os "legos" dão uma boa luz e gastam menos

- pois!

- não tem por aí nenhuma?

- não, de facto não tenho

- 12w em "legos" é dificil de encontrar

- vai ser complicado, vai

 

 

oh carla, eu sei que ainda agora cheguei mas aguenta aí o estaminé que eu tenho de ir "agarrar um bocado de fumo"

 

 

 

isto de ligar a tv de manhã cedo, a pensar que ia ver o benfica a embarcar para amesterdão, e dar de caras com uma tipa, na sic, a baralhar cartas do tamanho de tijolos... dá cabo de uma pessoa!!!!


tags:

publicado por mafalda às 09:02 | link do post | comentar

Segunda-feira, 13.05.13

 

... a tv digital sem sinal, a box da operadora por cabo que não liga, a net lenta, o táctil do telemóvel que não me obedece, isqueiros sem gás...

 

Da janela do meu quarto dou por mim a pensar na vizinha da frente que está com uma barriga que mete medo; apesar do tempo já ter acabado, o júnior não há meio de nascer. O vizinho do lado colocou uma rede em volta da sua varanda de maneira a ninguém o incomodar quando está toda a tarde deitado na espreguiçadeira (boa vida). Não se vê ninguém na rua, deve ser do calor.

E aqui estou eu...

Não fui ao ginásio, não me apetece.

Os meus sobrinhos têm aulas toda a tarde, não me apetece dar uma volta sozinha.

Tenho roupa para arrumar mas, lá está, não me apetece.

O cigarro sabe-me mal.

O meu carro está com os vidros abertos.

Tenho um livro para escrever mas não faço nada sem inspiração.

E o jantar que vai ser? Ainda é cedo para pensar nisso...

As músicas são sempre as mesmas.

Os vídeos são todos iguais.

Nada de novo.

Estou num daqueles dias...

 

 

UP IN THE AIR -30 SECONDS TO MARS
I've been up in the air
Out of my head
Stuck in a moment of emotion
I destroyed
Is this the end I feel?
Up in the air
Fucked up on life
All of the laws I've broken
Loves that I've sacrificed
Is this the end?

I'll wrap my hands around your neck
So tight with love, love

A thousand times I tempted fate
A thousand times I played this game
A thousand times that I have said
Today, today, today

I've been up in the air
Lost in the night
I wouldn't trade an eye for your lies
You lust for my life
Is this the end?

You were the love of my life
Darkness, the light
This is a portrait of a tortured
You and I
Is this the, is this the, is this the end?

I'll wrap my hands around your neck
So tight with love, love, love

A thousand times I tempted fate
A thousand times I played this game
A thousand times that I have said
Today, today, today

A thousand times I tempted fate
A thousand times I played this game
A thousand times that I have said
Today, today, today

I've been up in the air
Is this the end I feel?
Up in the air
Chasing a dream so real

I've been up in the air (I'll wrap my hands around your neck)
Is this the end I feel?
Up in the air
Chasing a dream, chasing a dream

Take no more
Take no more
Take no more
I'll take no more

A thousand times I tempted fate (take no more)
A thousand times I played this game (take no more)
A thousand times that I have said (take no more)
Today, today, today

Today...

I'll wrap my hands around your neck, neck...
I'll wrap my hands around your neck
So tight with love, love

música up in the air - 30 seconds to mars

publicado por mafalda às 15:29 | link do post | comentar

Sábado, 03.12.11

na realidade até pasou mais de um ano desde a última vez que postei aqui mas nem por isso deixei de seguir todos aqueles blogs que me prenderam (e prendem) dias a fio.

como não estou com muito tempo, vou apenas deixar um abraço a todos e (para não variar) uma musiquinha... espero que gostem.

 

 

Someone Like You - Adele
I heard that you're settled down
That you found a girl and you're married now
I heard that your dreams came true
Guess she gave you things I didn't give to you

Old friend, why are you so shy?
Ain't like you to hold back or hide from the light
I hate to turn up out of the blue uninvited
But I couldn't stay away, I couldn't fight it

I had hoped you'd see my face
And that you'd be reminded
That for me it isn't over

Never mind, I'll find someone like you
I wish nothing but the best for you two
Don't forget me, I beg
I remember you said:
"Sometimes it lasts in love, but sometimes it hurts instead"

Sometimes it lasts in love, but sometimes it hurts instead, yeah

You'd know how the time flies
Only yesterday was the time of our lives
We were born and raised in a summer haze
Bound by the surprise of our glory days

I hate to turn up out of the blue uninvited
But I couldn't stay away, I couldn't fight
I had hoped you'd see my face
And that you'd be reminded
That for me it isn't over

Nevermind, I'll find someone like you
I wish nothing but the best for you two
Don't forget me, I beg
I remember you said:
"Sometimes it lasts in love, but sometimes it hurts instead"

Nothing compares, no worries or cares
Regrets and mistakes, they're memories made
Who would have known how bitter-sweet
This would taste?

Nevermind, I'll find someone like you
I wish nothing but the best for you
Don't forget me, I beg
I remember you said:
"Sometimes it lasts in love, but sometimes it hurts instead"

Nevermind, I'll find someone like you
I wish nothing but the best for you two
Don't forget me, I beg
I remember you said:
"Sometimes it lasts in love, but sometimes it hurts instead"

Sometimes it lasts in love, but sometimes it hurts instead, yeah

tags:

publicado por mafalda às 11:50 | link do post | comentar | ver comentários (1)

mais sobre mim
Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

ao rapaz com olhos cor de...

saudades

revolta.............

o amor

isto da angelina jolie...

repete lá isso, faxa vor!...

vamos ao circo...

não há quem (n)os entenda

hoje é assim....

e já passou um ano...

arquivos

Julho 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2015

Junho 2013

Maio 2013

Dezembro 2011

Novembro 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

tags

"se"

2009

21 gramas

3 doors down

30 rock

30 seconds to mars

a arte de comer oreo's

a família addams

a importância de ter um blog

a walk to remember

adam gontier

adam lambert

adele

aerosmith

akon

alesha dixon

alison moyet

amanhecer

apocalyptica

ascenção e queda

audioslave

avril lavigne

bandas sonoras

barack obama

bella morte

bella swan

beyoncé

birthday

bjork

bombons chineses

chris brown

coisa de miúdos

coldplay

crepúsculo

dancing the dream

de cor e salteado

de mim para vocês

desafios

dido

doce novembro

eclipse

edward cullen

entre a morte e a vida

evanescence

fábrica de histórias

filipa

fingertips

futebol

guano apes

guns n' roses

haja paciência

him

inxs

james morrison

jared leto

joana

katie melua

lamb

lidia

linkin park

livro do desassossego

lua nova

lua nova trailler

maria fátima soares

meu blog na revista brasileira de música

mian mian

michael jackson

muse

música para os meus ouvidos

natal

natalie imbruglia

ne-yo

nelly furtado

nós

o estranho caso de benjamin button

o principezinho

o que aqui revelo é para ficar entre nós

pablo neruda

paulo coelho

pearl jam

pedro khima

pérolas

pink

placebo

que surpresa tão linda

quem quer ser bilionário

rilke

rita redshoes

saint-exupéry

seal

simple plan

stephenie meyer

system of a down

teorias da conspiração

the rasmus

tokio hotel

último post

vikas swarup

whitney houston

within temptation

todas as tags

favoritos

Quero-te

Insónia

É À NOITE

Esfera

Palavras

ESSES TEUS CINCO SENTIDOS...

É

Porque não pára o tempo?

Confiança

Alma

links
visitas
free hit counter
blogs SAPO
subscrever feeds