Segunda-feira, 6 de Julho de 2009

Mata-me!

Uma e outra vez…

 

Estar nos teus braços é morrer

Olhar-te nos olhos é morrer

Então mata-me!

 

Não penses duas vezes…

 

Quando falas para mim eu morro

Quando tocas a minha pele eu morro

Portanto, mata-me!

Sem ressentimentos…

Mata-me todos os dias!

 

Mata-me sempre que puderes!

Mata-me quando menos eu o esperar!

Mata-me quando eu te pedir!

 

Mata-me…

De consciência tranquila

Porque sempre que morro, aprendo

Porque sempre que morro, dou mais um passo

Sempre que morro, renasço

 

Portanto, mata-me

E deixa-me renascer

Lentamente

Do teu corpo

 

Mata-me!

Uma e outra vez…

Sem pensares duas vezes…

Sem ressentimentos…

Mata-me!

De consciência tranquila

 

Porque eu quero

Porque to peço

Porque preciso

 

Deixa-me morrer

E dá-me tempo para renascer

Lentamente

Vou saindo do teu corpo

 

Abraçares-me é morrer

Beijar-te é morrer

Então, por favor, mata-me!

 

Killing Me Softly - Fugges

(versão original: Roberta Flag)

Strumming my pain with his fingers
Singing my life with his words
Killing me softly with his song
Killing me softly with his song
Telling my whole life with his words
Killing me softly with his song

I heard he sang a good song
I heard he had a style
And so I came to see him
To listen for a while
And there he was this young boy
A stranger to my eyes

Strumming my pain with his fingers
Singing my life with his words
Killing me softly with his song
Killing me softly with his song
Telling my whole life with his words
Killing me softly with his song

I felt all flushed with fever
Embarrassed by the crowd
I felt he found my letters
And read each one out loud
I prayed that he would finish
But he just kept right on

Strumming my pain with his fingers
Singing my life with his words
Killing me softly with his song
Killing me softly with his song
Telling my whole life with his words
Killing me softly with his song

I heard he sang a good song
I heard he had a style
And so I came to see him
To listen for a while
And there he was this young boy
A stranger to my eyes

Strumming my pain with his fingers
Singing my life with his words
Killing me softly with his song
Killing me softly with his song
Telling my whole life with his words
Killing me softly with his song

I felt all flushed with fever
Embarrassed by the crowd
I felt he found my letters
And read each one out loud
I prayed that he would finish
But he just kept right on

Strumming my pain with his fingers
Singing my life with his words
Killing me softly with his song
Killing me softly with his song
Telling my whole life with his words
Killing me softly with his song


música killing me softly - fugees

publicado por mafalda às 09:45 | link do post | comentar

8 comentários:
De jangadadecanela a 6 de Julho de 2009 às 13:32
olá Mafalda,

uma morte assim é um sonho sem fim
renasces a seguir para depois sentir
que não há melhor
do que morrer
assim...

um abraço
Luís


De mafalda a 7 de Julho de 2009 às 11:01
:) olá, luís.
é sempre um lisonjeio ter-te a "resumir" os posts... consegues fazê-lo melhor do que ninguém e esta vez não é excepção ;)
beijinhos.


De pingodemel a 6 de Julho de 2009 às 18:23
olá miguina

...mata-me para eu nascer outra vez...porque morrer assim vale a pena ...por isso mata-me as vezes que quiseres ;)

beijocas


De mafalda a 7 de Julho de 2009 às 11:03
olá, miguinha.
bela frase ;)
beijinhos.


De Sorriso a 7 de Julho de 2009 às 14:18
Esta é, talvez, a melhor "morte" que se pode desejar... "Morrer" nos braços de quem amamos, "morrer" por amor... :)

Beijocas


De mafalda a 9 de Julho de 2009 às 10:53
:) morrer assim não custa ;)
beijinho grande para ti.


De Carolina a 10 de Julho de 2009 às 17:39
cantei essa musica na escola :)
Tenho saudades tuas tiaa *-*


p.s- tou de volta ;)


De mafalda a 28 de Julho de 2009 às 13:45
ai o que eu dava para ter-te visto a cantá-la :)
beijinhos, sobrinha mais linda.


Comentar post

mais sobre mim
Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

ao rapaz com olhos cor de...

saudades

revolta.............

o amor

isto da angelina jolie...

repete lá isso, faxa vor!...

vamos ao circo...

não há quem (n)os entenda

hoje é assim....

e já passou um ano...

arquivos

Julho 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2015

Junho 2013

Maio 2013

Dezembro 2011

Novembro 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

tags

"se"

2009

21 gramas

3 doors down

30 rock

30 seconds to mars

a arte de comer oreo's

a família addams

a importância de ter um blog

a walk to remember

adam gontier

adam lambert

adele

aerosmith

akon

alesha dixon

alison moyet

amanhecer

apocalyptica

ascenção e queda

audioslave

avril lavigne

bandas sonoras

barack obama

bella morte

bella swan

beyoncé

birthday

bjork

bombons chineses

chris brown

coisa de miúdos

coldplay

crepúsculo

dancing the dream

de cor e salteado

de mim para vocês

desafios

dido

doce novembro

eclipse

edward cullen

entre a morte e a vida

evanescence

fábrica de histórias

filipa

fingertips

futebol

guano apes

guns n' roses

haja paciência

him

inxs

james morrison

jared leto

joana

katie melua

lamb

lidia

linkin park

livro do desassossego

lua nova

lua nova trailler

maria fátima soares

meu blog na revista brasileira de música

mian mian

michael jackson

muse

música para os meus ouvidos

natal

natalie imbruglia

ne-yo

nelly furtado

nós

o estranho caso de benjamin button

o principezinho

o que aqui revelo é para ficar entre nós

pablo neruda

paulo coelho

pearl jam

pedro khima

pérolas

pink

placebo

que surpresa tão linda

quem quer ser bilionário

rilke

rita redshoes

saint-exupéry

seal

simple plan

stephenie meyer

system of a down

teorias da conspiração

the rasmus

tokio hotel

último post

vikas swarup

whitney houston

within temptation

todas as tags

favoritos

Quero-te

Insónia

É À NOITE

Esfera

Palavras

ESSES TEUS CINCO SENTIDOS...

É

Porque não pára o tempo?

Confiança

Alma

links
visitas
free hit counter
blogs SAPO
subscrever feeds