Sexta-feira, 28 de Março de 2008

 

mas não gosto mesmo....

 

Não gosto que me acordem com muita agitação nem que se ponham a falar alto para mim logo pela manhã.

Não gosto de discriminações.

Não gosto de fanatismos.

Não gosto de ter insónias.

Não gosto que façam acusações sem fundamentos.

Não gosto de violência. Uma coisa é ver filmes violentos, outra coisa é ver notícias com imagens violentas... É a diferença entre a realidade e a ficção.

Não gosto que molhem o meu cabelo ou de apanhar chuva assim que acabo de secá-lo. O meu cabelo é comprido demais para eu andar a lavá-lo mais do que uma vez por dia, portanto, é pensar duas vezes antes de fazer alguma maluqueira.

Não gosto do Manuel Luís Goucha, do Pierce Brosnan, do Paulo Gonzo nem do André Sardet. Não sou ninguém para criticar o trabalho deles mas não os suporto.

Não gosto que me apontem o dedo por ser um pouco "diferente".

Não gosto que mexam nas minhas coisas, principalmente se for nos meus cadernos.

Não gosto que me façam perguntas idiotas.

Não gosto de secar o cabelo. Eu sei que tenho de secá-lo mas aborreço-me só de pensar isso. O meu rico cabelinho já me chega ao fundo das costas.

Não gosto de estar a falar e alguém me interromper. Ainda gosto menos quando me interrompem para mudar de assunto.

Não gosto da TVI. Dá um filmezito que escapa, de vez em quando, tirando isso, não vejo mais nada nesse canal.

Não gosto que duvidem de mim quando tenho a certeza do que estou a dizer.

Não gosto de ir às finanças nem aos correios.

Não gosto de apanhar choques. Isto pode parecer estranho pois, talvez, é coisa que não lembre a ninguém mas eu apanho choques quase todos os dias no computador do meu quarto... É impossível esquecer!

Não gosto de dormir muito. Bem... Não sei se não gosto ou se, simplesmente, não consigo.

Não gosto de ir a caminhar e estar sempre a olhar para trás. Isto acontece-me mais durante a noite, seja na rua ou dentro da minha própria casa, não sei porquê mas vou a caminhar e dá-me para olhar para trás... Isto assusta-me! Lembro-me daqueles filmes de terror onde uma cena destas nunca acaba bem.

Não gosto de aparelhos a gás. Em minha casa figuram dois fogões a gás e um aquecedor... Não gosto nada deles. Estou sempre a ver quando é que explodem!

Não gosto de batatas fritas (apesar de come-las no "Bacalhau à Brás"), de ovos estrelados, de carne de porco, de marmelada nem de pimentos (por agora não me recordo de mais).

Não gosto de ver as coisas fora do sítio.

Não gosto de ficar com palavras entaladas na garganta. Digo sempre tudo o que tenho a dizer mas sem ofender ninguém.

Não gosto que sussurrem à minha frente.

Não gosto de fazer praia.

Não gosto da maior parte das bebidas alcoólicas. Não sou muito de beber.

Não gosto de aros (as meninas que estão a ler sabem ao que me refiro).

Não gosto de pessoas que se julgam superiores.

Não gosto de pessoas que tentam impor a toda a força os seus ideais, as suas crenças, etc.

Não gosto de ver livros estragados.

Não gosto de me sentir sozinha. Apesar que, por vezes, gosto de estar sozinha. Há uma grande diferença entre "sentir" e "estar".

 



publicado por mafalda às 14:41 | link do post

Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 



mais sobre mim
Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

ao rapaz com olhos cor de...

saudades

revolta.............

o amor

isto da angelina jolie...

repete lá isso, faxa vor!...

vamos ao circo...

não há quem (n)os entenda

hoje é assim....

e já passou um ano...

arquivos

Julho 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2015

Junho 2013

Maio 2013

Dezembro 2011

Novembro 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

tags

"se"

2009

21 gramas

3 doors down

30 rock

30 seconds to mars

a arte de comer oreo's

a família addams

a importância de ter um blog

a walk to remember

adam gontier

adam lambert

adele

aerosmith

akon

alesha dixon

alison moyet

amanhecer

apocalyptica

ascenção e queda

audioslave

avril lavigne

bandas sonoras

barack obama

bella morte

bella swan

beyoncé

birthday

bjork

bombons chineses

chris brown

coisa de miúdos

coldplay

crepúsculo

dancing the dream

de cor e salteado

de mim para vocês

desafios

dido

doce novembro

eclipse

edward cullen

entre a morte e a vida

evanescence

fábrica de histórias

filipa

fingertips

futebol

guano apes

guns n' roses

haja paciência

him

inxs

james morrison

jared leto

joana

katie melua

lamb

lidia

linkin park

livro do desassossego

lua nova

lua nova trailler

maria fátima soares

meu blog na revista brasileira de música

mian mian

michael jackson

muse

música para os meus ouvidos

natal

natalie imbruglia

ne-yo

nelly furtado

nós

o estranho caso de benjamin button

o principezinho

o que aqui revelo é para ficar entre nós

pablo neruda

paulo coelho

pearl jam

pedro khima

pérolas

pink

placebo

que surpresa tão linda

quem quer ser bilionário

rilke

rita redshoes

saint-exupéry

seal

simple plan

stephenie meyer

system of a down

teorias da conspiração

the rasmus

tokio hotel

último post

vikas swarup

whitney houston

within temptation

todas as tags

favoritos

Quero-te

Insónia

É À NOITE

Esfera

Palavras

ESSES TEUS CINCO SENTIDOS...

É

Porque não pára o tempo?

Confiança

Alma

links
blogs SAPO
subscrever feeds