Domingo, 14 de Setembro de 2008

(imagem retirada da internet)

 

Estou sozinha! Ainda não sei se estas quatro paredes pertencem à realidade ou se apenas são fruto da imaginação. Mais movimento não poderia haver mas ao olhar para quem vai passando só consigo pensar em ti... Será que também pensas em mim? Quando olhas para a multidão esperas encontrar-me? Eu sei que estás no meu coração mas preciso de ver-te em pessoa nem que seja para saber que és real e não um produto do meu laboratório de sonhos. Vejo todas estas almas a passearem de um lado para o outro... Algumas viajam rumo ao destino, outras deixam-se ir ao sabor do vento. Queria ter essa liberdade! Queria ter a leveza que é preciso para tirar os pés do chão e ver o mundo lá do alto... Mas o meu coração é pesado! A minha alma carrega um peso que não sei aliviar. Será que sentes a minha falta? Quando dormes o teu sono também sonhas comigo? Eu sei que habitas no meu reino de magia mas preciso ver-te para ter certezas... Quero ver-te e saber que existes de facto, que és mortal aos olhos dos anjos mas imortal habitante na minha alma.

 

Forever Young - Alphaville

 

Let's dance in style, lets dance for a while

Heaven can wait we're only watching the skies

Hoping for the best but expecting the worst

Are you going to drop the bomb or not?

 

Let us die young or let us live forever

We don't have the power but we never say never

Sitting in a sandpit, life is a short trip

The music's for the sad men

 

Can you imagine when this race is won

Turn our golden faces into the sun

Praising our leaders we're getting in tune

The music's played by the mad men

 

Forever young, I want to be forever young

Do you really want to live forever, forever and ever

Forever young, I want to be forever young

Do you really want to live forever?

Forever young

 

Some are like water, some are like the heat

Some are a melody and some are the beat

Sooner or later they all will be gone

why don't they stay young

 

It's so hard to get old without a cause

I don't want to perish like a fading horse

Youth's like diamonds in the sun

And diamonds are forever

 

So many adventures couldn't happen today

So many songs we forgot to play

So many dreams swinging out of the blue

We let them come true

 

Forever young, I want to be forever young

Do you really want to live forever, forever and ever

Forever young, I want to be forever young

Do you really want to live forever, forever and ever

Forever young, I want to be forever young

Do you really want to live forever?

 


música forever young - alphaville

publicado por mafalda às 21:08 | link do post | comentar | ver comentários (6)

Sexta-feira, 12 de Setembro de 2008

Tenho uma coisa a moer o que resta da minha alma

Tenho uma bomba no lugar do partido coração

Uma coisa que não serena, que não pára nem acaba

Uma bomba nuclear que premedita a destruição

 

(imagem retirada da internet)

 

Tenho algo que me vai rondando o pensamento

Tenho algo em mim a pairar como uma sombra

Ideias exactas de como será o último momento

O destino traçado e não existe outra escolha.

 



publicado por mafalda às 00:15 | link do post | comentar | ver comentários (12)

Quarta-feira, 10 de Setembro de 2008

(imagem retirada da internet)

 

Eu não acredito se disseres que posso avançar... Lá à frente está um caminho cheio de obstáculos e eu encolho-me em dificuldades. Não vou aceitar pegar na tua mão se a estenderes e jurares que será seguro... O meu coração fecha-se em copas se tento arranjar um lugar onde possas habitar. Estarei com medo? Medo é palavra forte e não sei bem que sentimento será esse mas, se é o que sinto, tenho medo de senti-lo. Não quero perder como já perdi ou o mundo transforma-se em pequenos fragmentos que me ferem o corpo em cada gesto que é meu. Chega de olhar para trás!!! Mas... És o meu futuro?

 

Never Tear Us Apart - INXS

Don't ask me

What you know is true

Don't have to tell you

I love your precious heart

 

I

I was standing

You were there

Two worlds collided

And they could never tear us apart

 

We could live

For a thousand years

But if I hurt you

I'd make wine from your tears

 

I told you

That we could fly

'Cause we all have wings

But some of us don't know why

 

I

I was standing

You were there

Two worlds collided

And they could never ever tear us apart

 

I

I was standing

You were there

Two worlds collided

And they could never tear us apart

 

You

You were standing

I was there

Two worlds collided

And they could never tear us apart

 


música never tear us apart - inxs

publicado por mafalda às 21:49 | link do post | comentar | ver comentários (6)

Terça-feira, 9 de Setembro de 2008

(imagem retirada da internet)

 

Em todas as pessoas procuro um pouco de ti e com pincéis imaginários traço o teu rosto de menino.

Consegui ter-te comigo ao longo de anos e comigo estiveste quando mais precisei... Mas eu continuo a sentir saudades da tua mão no meu ombro, da tua cara encostada à minha! Tudo não passou de escassos segundos mas o tempo nunca poderá apagar as memórias que guardei. Dizer que gosto de ti é repetitivo e chato; e tu já estás farto de sabê-lo... Gosto de ti da mesma maneira que gosto deste sossego e do lugar encantado que, num acaso, escolhi para repousar.

A todos os segundos penso em ti e com um lápis imaginário escrevo a nossa história no livro do Passado. Mas tu continuas a ser a minha vida e eu já não tenho forças para lutar.

 

É Isso Aí - Ana Carolina e Seu Jorge

(adaptação de "The Blower's Daughter" - Damien Rice)

 


música é isso ai - ana carolina e seu jorge

publicado por mafalda às 11:16 | link do post | comentar | ver comentários (14)

Sábado, 6 de Setembro de 2008

(imagem retirada da internet)

 

Não minto se digo que ainda hoje o meu coração sobressaltou-se por o pensamento pensar que te viu... É um sentimento que estará sempre presente até porque a nossa história não acabou nem há-de acabar. Mas tenho vindo a sentir sobressaltos pelo teu amigo e sou capaz de nos imaginar em cenários onde eu e tu nem sequer chegamos perto. Embora sejam parecidos (e, provavelmente, ai resida a origem) há algo nele que tu não tens e que me fascina. Ainda hoje passou por mim e a tarde ficou dele e não tua... Quem sabe se a noite se transforma em sonhos que a realidade não atinge? Tenho vindo a sentir sobressaltos pelo teu amigo e ele seria a minha escolha menos provável pois entre nós mora uma grande diferença. Estás escondido ou partiste de vez? Tu bem sabes que esta distância não resulta e o fim não é antecipado. Tudo acontece à medida que tem de acontecer e, sem querer apressar, vou dizendo-te adeus. Sempre tive uma vida simplificada e tu vieste transformar tudo numa grande confusão. Isso, meu querido, comigo não funciona. Talvez eu esteja condenada a ficar sozinha... É que depois de ti aparece o teu amigo e eu não quero nada com o que te seja demasiado próximo. Há um passado lá trás, há uma história que foi escrita... E o teu amigo, que é tão parecido (e diferente) contigo, só veio causar problemas ao meu coração já problemático de si mesmo. Tenho vindo a sentir sobressaltos pelo teu amigo mas vê só como consigo aguentar!

 



publicado por mafalda às 23:40 | link do post | comentar | ver comentários (24)

Quarta-feira, 3 de Setembro de 2008

(imagem retirada da internet)

 

Contei as pessoas da rua e nenhuma delas se parecia contigo...

Há tempo demais que não sinto o coração a bater.

Tenho saudades da ansiedade que em mim provocavas e de todas aquelas noites em que eu sabia que te iria encontrar.

Sinto falta de ti...

 

Não contei os passos que dei pois tive medo de me perder no caminho e, depois, não saber como voltar para trás.

Foquei a atenção na paisagem mas sinais teus só mesmo dentro de mim.

Tenho saudades das tuas palavras calmas e carinhosas.

Tenho saudades do alívio que sentia quando te contava os meus segredos.

Sinto falta de ti...

 

Sinto falta de ti como se o dia não mais nascesse.

Sinto falta de ti como se a terra engolisse o mar.

Sinto falta de ti como se não mais houvesse esperança.

 

Sinto falta de ti....

E é tudo o que eu sinto.

 



publicado por mafalda às 19:43 | link do post | comentar | ver comentários (18)

Segunda-feira, 1 de Setembro de 2008

A tua ausência criou um vazio em mim...

Sou apenas meia pessoa.

O teu silêncio criou um vazio em mim...

Não passo de meia pessoa.

 

Fadas: 4

(imagem retirada da internet)

 

Mas é por ti que sou meia pessoa...

Não era nada quando te conheci.

Agora espero pacientemente que me completes...

E serei a tua pessoa.

 



publicado por mafalda às 23:01 | link do post | comentar | ver comentários (20)

mais sobre mim
Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

ao rapaz com olhos cor de...

saudades

revolta.............

o amor

isto da angelina jolie...

repete lá isso, faxa vor!...

vamos ao circo...

não há quem (n)os entenda

hoje é assim....

e já passou um ano...

arquivos

Julho 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2015

Junho 2013

Maio 2013

Dezembro 2011

Novembro 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

tags

"se"

2009

21 gramas

3 doors down

30 rock

30 seconds to mars

a arte de comer oreo's

a família addams

a importância de ter um blog

a walk to remember

adam gontier

adam lambert

adele

aerosmith

akon

alesha dixon

alison moyet

amanhecer

apocalyptica

ascenção e queda

audioslave

avril lavigne

bandas sonoras

barack obama

bella morte

bella swan

beyoncé

birthday

bjork

bombons chineses

chris brown

coisa de miúdos

coldplay

crepúsculo

dancing the dream

de cor e salteado

de mim para vocês

desafios

dido

doce novembro

eclipse

edward cullen

entre a morte e a vida

evanescence

fábrica de histórias

filipa

fingertips

futebol

guano apes

guns n' roses

haja paciência

him

inxs

james morrison

jared leto

joana

katie melua

lamb

lidia

linkin park

livro do desassossego

lua nova

lua nova trailler

maria fátima soares

meu blog na revista brasileira de música

mian mian

michael jackson

muse

música para os meus ouvidos

natal

natalie imbruglia

ne-yo

nelly furtado

nós

o estranho caso de benjamin button

o principezinho

o que aqui revelo é para ficar entre nós

pablo neruda

paulo coelho

pearl jam

pedro khima

pérolas

pink

placebo

que surpresa tão linda

quem quer ser bilionário

rilke

rita redshoes

saint-exupéry

seal

simple plan

stephenie meyer

system of a down

teorias da conspiração

the rasmus

tokio hotel

último post

vikas swarup

whitney houston

within temptation

todas as tags

favoritos

Quero-te

Insónia

É À NOITE

Esfera

Palavras

ESSES TEUS CINCO SENTIDOS...

É

Porque não pára o tempo?

Confiança

Alma

links
blogs SAPO
subscrever feeds