Domingo, 27 de Abril de 2008

Os meus olhos estão abertos mas nada vêm para além da tua expressão delicada de menino anjo que nunca há-de abandonar o esqueleto que sou. Nem tudo acontece como sonho e os anos passam por mim como se nunca nada do que me faz parte termine com o nome de "morte". Estou tão cansada! O meu coração parece que vai explodir e a minha cabeça parece fazer parte de um outro corpo. Não estou aqui... Não quero estar! O mundo roda à velocidade que tem de rolar e eu permaneço estática como espantalho perdido algures num labirinto como o nome de "desorientação". Sinto-me cansada! Cansada dos passos que nunca me levam a lugar algum, cansada das palavras que sempre soam a falsa simpatia. Os meus olhos, maiores inimigos, continuam a projectar a tua face delicada que nem a barba é capaz de desenfeitar. Tenho tantos motivos para ser feliz, tenho tantas razões para me sentir completa, mas falta-me a essência. Faltas-me tu! Estou tão cansada de te procurar. Por vezes o meu desejo é deixar-me esquecida naquele canto escuro onde poderei apodrecer sem ser incomodada, mas o meu coração é que me guia e ele diz-me que o caminho tem o nome "não o esqueças". E eu não te esqueço. Perdi a capacidade de chorar, apenas sei encolher os ombros; é como se a minha missão tivesse terminado e eu, sem alcançar o sucesso, só tenho de baixar os braços e deixar-me vencer. Estou cansada! O aperto que mora no meu coração veio para ficar e a minha cabeça continua a latejar por diversas e estranhas formas ao longo do dia e da noite. Quero ficar quieta, deitada no chão, deixar que o cansaço me consuma por uma vez; pode ser que se torne menos doloroso. Queria arrancar os olhos para não ter que te ver mas estás tão entranhado em mim que a única solução será morrer. Adeus! Num outro mundo... Quem sabe?

 



publicado por mafalda às 13:10 | link do post | comentar

19 comentários:
De almadormente a 27 de Abril de 2008 às 21:16
excelente, mas tal como a mudança do titulo do blog é de um desespero total.
Mas não desanimes, fazes parte de uma imensa minoria.

Um grande abraço.


De mafalda a 28 de Abril de 2008 às 11:27
olá.
mais uma vez obrigada pelo elogio e pela visita.
tens razão, é um desespero mas não vou desanimar, enquanto conseguir escrever vou conseguindo espantar os meus fantasmas, e é sempre bom ter quem me leia e me dê palavras de ânimo... agradeço isso.
beijos.


De Sorrisoduplo a 28 de Abril de 2008 às 08:56
Sei bem de que cansaço falas... mas não podes te deixar dominar... procura... procura bem que encontras algo que te vai fazer sair dessa angústia...

Espero qu encontres rápidamente a felicidade.



De mafalda a 28 de Abril de 2008 às 11:30
olá.
as vossas palavras são uma grande ajuda nesta cruzada contra os sentimentos que não querem desaparecer.
obrigada, querida amiga.
também espero que encontres o caminho com o nome "felicidade".
beijinhos.


De pingodemel a 28 de Abril de 2008 às 10:37
olá amiga...não deixes essa tristeza que li nas tua palavras te dominar...faz apenas dela um degrau para poderes passar para outro patamar...
um beijinho e vê se animas


De mafalda a 28 de Abril de 2008 às 11:33
olá.
é isso mesmo que estou a fazer...
espanto os meus fantasmas, exteriorizo e hei-de acabar por superar... acredito que já estou perto dessa fase.
obrigada, querida amiga.
beijinhos.


De Subjectividades a 28 de Abril de 2008 às 12:15
Bom dia amiga!
Cansaço....eu também sofro desse mal.
Estou cansada de esperar, de ter saudades, cansada do silêncio mas, o verde é sempre verde, uns dias mais desmaiado outros mais brilhantes e é exactamente ele que não me deixa desistir...

Um beijinho cansado!


De mafalda a 28 de Abril de 2008 às 15:14
olá.
é mesmo assim que me sinto, sabes? um dia em alto, um dia em baixo... e a vida continua.
beijinhos.


De Pérola a 28 de Abril de 2008 às 15:50
Então que é isso?? A pensar em desistir?? Nem penses nisso! Ai ai, se estivesse aqui comigo, tu ias ver, ias... Passava-te um raspanete de meia-hora para ver se se fazia luz nessa linda cabecinha!... Desculpa a "brutalidade" das palavras (lol), mas já passei pelo mesmo e é por isso que falo (escrevo) assim... Não te deixes dominar, enfrenta a vida com um sorriso! Dizes que tens tantos motivos para ser feliz, para te sentires completa... então agarra-te a eles e expulsa esses fantasmas!! Não é fácil, eu sei, como te disse já passei por esse cansaço, e não foi de um dia para o outro que mudei, mas tens que ter força, muita força! Não te prendas a algo que pode não ter pernas para andar, e só te está a fazer recuar... Abre as portas do teu coração e deixa sair esse sentimento que te causa instabilidade...
Ups! Já aqui está um testamento... Bem...Qualquer coisa, é só dizeres...
Ah! E nada de visitares o meu blog do outro mundo, ok?? (lol)
Beijinhos


De mafalda a 29 de Abril de 2008 às 09:05
olá.
não tens de pedir desculpa pela brutalidade das palavras, às vezes é mesmo essa brutalidade que nos faz abrir os olhos.
ando a deitar tudo para fora, sabes? e é isto que me sai... mas já está a passar, sinto que já está a passar.
obrigada por me dares tão bons conselhos e o blog do outro mundo é dos meus preferidos, lol.
beijinhos.


De Pérola a 29 de Abril de 2008 às 14:12
Pois, não queria nada que me visitasses do outro lado.. lol.. mas foi só uma forma mais ou menos engraçada de dizer para não baixares os braços e não te deixares ir...
Mas fazes muito bem em por tudo cá para fora, não guardes rancores no teu coraçãozinho...
Beijocas
PS. Ainda bem que não ficaste chateada com a forma como escrevi o comentário. É que eu às vezes esqueço-me e sou demasiado directa... :)


De mafalda a 29 de Abril de 2008 às 16:11
não, não tinha nada de ficar chateada, só me deste bons conselhos. podes ser sempre assim directa comigo.
sabes que já me disseram para mudar o nome do blog? acho que vou dar-lhe o nome de "blog do outro mundo", lol (aquela tua frase foi muito boa).
beijinhos.


De Pérola a 29 de Abril de 2008 às 17:28
Gostei!
Se quiseres avançar como nome, tens o meu apoio... lol
Bjs


De Bichana a 28 de Abril de 2008 às 16:01
Tenho andado com falta de tempo mas venho cá deixar um bjnho e aliviar esse cansaço... Sei bem do que falas, chega a ser físico mesmo. Mas não te acomodes nem te deixes vencer Jianninha!
És especial, lembra-te sempre disso.


De mafalda a 29 de Abril de 2008 às 09:07
olá.
essas palavras tão bonitas já me dão algum alívio.
mas é como tenho dito nos otros comentários: ando a desabafar, a deixar sair... e sinto que já está a passar (mas já senti isto antes e voltei a cair).
obrigada, querida amiga.
beijinhos.


De sandra a 28 de Abril de 2008 às 16:27
Que desanimo. Sê forte, tenta esquecer o passado. Tens um fituro lindo á tua espera...Força

beijus


De mafalda a 29 de Abril de 2008 às 09:08
obrigada pela força.
é tudo uma questão de "espantar os fantasmas", sabes? tenho de deixar sair as emoções... é a minha maneira de lidar com isto.
mais uma vez, obrigada.
beijinhos.


De c911eutopias a 2 de Maio de 2008 às 02:24
AIAIAIAI miúda de pouco não tens nada.....................tens um mundo e uma vida. juízo . bj


De mafalda a 2 de Maio de 2008 às 10:25
foi um desabafo do momento...
costumo dizer que sou mórbida, acho que um pouco dessa faceta nota-se neste texto.
mas depois passa, são coisas do momento.
beijos.


Comentar post

mais sobre mim
Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

ao rapaz com olhos cor de...

saudades

revolta.............

o amor

isto da angelina jolie...

repete lá isso, faxa vor!...

vamos ao circo...

não há quem (n)os entenda

hoje é assim....

e já passou um ano...

arquivos

Julho 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2015

Junho 2013

Maio 2013

Dezembro 2011

Novembro 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

tags

"se"

2009

21 gramas

3 doors down

30 rock

30 seconds to mars

a arte de comer oreo's

a família addams

a importância de ter um blog

a walk to remember

adam gontier

adam lambert

adele

aerosmith

akon

alesha dixon

alison moyet

amanhecer

apocalyptica

ascenção e queda

audioslave

avril lavigne

bandas sonoras

barack obama

bella morte

bella swan

beyoncé

birthday

bjork

bombons chineses

chris brown

coisa de miúdos

coldplay

crepúsculo

dancing the dream

de cor e salteado

de mim para vocês

desafios

dido

doce novembro

eclipse

edward cullen

entre a morte e a vida

evanescence

fábrica de histórias

filipa

fingertips

futebol

guano apes

guns n' roses

haja paciência

him

inxs

james morrison

jared leto

joana

katie melua

lamb

lidia

linkin park

livro do desassossego

lua nova

lua nova trailler

maria fátima soares

meu blog na revista brasileira de música

mian mian

michael jackson

muse

música para os meus ouvidos

natal

natalie imbruglia

ne-yo

nelly furtado

nós

o estranho caso de benjamin button

o principezinho

o que aqui revelo é para ficar entre nós

pablo neruda

paulo coelho

pearl jam

pedro khima

pérolas

pink

placebo

que surpresa tão linda

quem quer ser bilionário

rilke

rita redshoes

saint-exupéry

seal

simple plan

stephenie meyer

system of a down

teorias da conspiração

the rasmus

tokio hotel

último post

vikas swarup

whitney houston

within temptation

todas as tags

favoritos

Quero-te

Insónia

É À NOITE

Esfera

Palavras

ESSES TEUS CINCO SENTIDOS...

É

Porque não pára o tempo?

Confiança

Alma

links
blogs SAPO
subscrever feeds