Domingo, 30 de Novembro de 2008

Odeio chegar à conclusão de que sou uma simples criança nas tuas mãos!

Todos os anos chega este dia em que não deixo de pensar em ti por um único segundo que seja... E sinto-me uma criança ansiosa que espera a vinda do Pai Natal na madrugada do dia 25 de Dezembro.

Mal consigo dormir, mal consigo esperar; mas a espera é sempre muita e eu passo grande parte do dia a pensar no que te leva a agir assim!

Odeio ser tão fraca ao ponto de quebrar as promessas e juras que me faço em claros momentos de consciência clara!

Todos os anos chega o dia em que eu digo que não vai ser como era antes, que não me vou rebaixar, que não vou ligar, que vai passar em claro; mas sou fraca demais para cumprir os objectivos que traço e deixo que o meu coração tenha vontade sobre mim e tu... Tu ganhas sempre!

Odeio que me faças odiar-te e odiar-me!

Odeio estar nesta ansiedade mas eu sei que é sempre assim e sou incapaz de aprender com os meus próprios erros... Odeio tanto isso!

Todos os anos chega o mês em que a contagem é decrescente até chegar o dia... Aquele dia que nunca deixávamos passar... Aquele dia em que eu te chamava à parte...

Lembras-te?

Sabes o que acontecia depois?

Odeio que isso não importe mais e que nada disto seja como era antes.

Odeio que não me trates mais por "menina" nem que te maravilhes com aquilo que eu te dizia e escrevia.

Odeio este dia!

Odeio ter de chegar a uma hora em que não resisto mais e deixo-me comandar pelos sentimentos!

Odeio!

Odeio que me faças odiar o mundo e odiar tudo o que possa existir!

Odeio ter este ódio!

Odeio que o Universo conspire para que eu não esqueça o dia de hoje.

Todos os anos chega o dia em que tudo me leva a ti... A música que dá no rádio, o filme que dá na televisão, a fotografia que alguém tirou, a frase que alguém disse... E eu ajo sem consciência, guiada pela força do coração!

Odeio-te!

Odeio-te por me fazeres amar-te tanto!

 

"PARABÉNS!"

 

 November Rain - Guns N' Roses

When I look into your eyes I can see a love restrained

But darlin' when I hold you don't you know I feel the same?

'Because nothing' last forever and we both know hearts can change

And it's hard to hold a candle in the cold November rain

 

We've been through this such a long long time just tryin' to kill the pain

But lovers always come and lovers always go

And no one's really sure who's lettin' go today, walking away

If we could take the time to lay it on the line

I could rest my head just knowin' that you were mine, all mine

 

So if you want to love me then darlin' don't refrain

Or I'll just end up walkin' in the cold November rain

 

Do you need some time...on your own

Do you need some time...all alone

Everybody needs some time...on their own

Don't you know you need some time...all alone

 

I know it's hard to keep an open heart

When even friends seem out to harm you

But if you could heal a broken heart

Wouldn't time be out to charm you

 

Sometimes I need some time...on my own

Sometimes I need some time...all alone

Everybody needs some time...on their own

Don't you know you need some time...all alone

 

And when your fears subside and shadows still remain

I know that you can love me when there's no one left to blame

So never mind the darkness we still can find a way

'Cause nothin' last forever even a cold November rain

 

Don't ya think that you need somebody

Don't ya think that you need someone

Everybody needs somebody

You're not the only one

You're not the only one

 


música november rain - guns n' roses

publicado por mafalda às 14:49 | link do post | comentar

10 comentários:
De sandra a 30 de Novembro de 2008 às 15:43
oi ... tanta má eneriga neste post... nao gosto muito quanco escreves assimmmm sorry

beijinhos


De mafalda a 1 de Dezembro de 2008 às 11:35
olá, amiga.
estás no teu direito de não gostares e eu compreendo.
este post foi mais um desabafo do que outra coisa... mas eu esqueci-me de escrever uma palavrinha no final que talvez fizesse toda a diferença.
quando tiveres um tempinho, volta cá e lê aquela palavrinha que agora adicionei e que está entre o texto e o título da música... provavelmente vais compreender melhor todo este "ódio".
mas, amiga, podes continuar a "odiar" este "odeio-te!" pois eu não vou deixar de te adorar ;)
beijocas.


De sandra a 6 de Dezembro de 2008 às 16:50
oh que querida


De mafalda a 8 de Dezembro de 2008 às 13:59
:)
beijocas.


De Subjectividades a 1 de Dezembro de 2008 às 12:45
Bolas.....até aqui longe senti todo esse ódio.....
Minha querida! Tanto mas tanto amor....
Dizem que o ódio é a outra face do amor, não sei nem me preocupo muito a pensar nisso, não gosto da palavra mas uma coisa te digo, não negues, não odeies, ama e aceita.
Quando isso acontecer vais poder ter a tua vida.
Lembra-te o ódio aprisiona mas o amor liberta....
Bjinhos e Bom feriado!


De mafalda a 2 de Dezembro de 2008 às 13:34
oh Isabel!
como tu me compreendes!!!
a verdade é que todo este ódio mais não é do que amor em grande escala!
e este texto é apenas um desabafo... é daquelas coisas que nos passam pelo pensamento mas que depois, mais tarde, já não é nada!
beijinhos.


De Bichana a 2 de Dezembro de 2008 às 10:55
Este não é um post de ódio mas sim de amor! De um grande, grande amor...
Bjnhos


De mafalda a 2 de Dezembro de 2008 às 13:34
não tenho nada a acrescentar!
tens toda a razão, amiga...
beijocas.


De Sorriso ツ a 3 de Dezembro de 2008 às 11:51
Tu falas em ódio mas eu leio... amor! :)

Beijocas :)


De mafalda a 3 de Dezembro de 2008 às 20:20
e lês bem!
beijinhos.


Comentar post

mais sobre mim
Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

ao rapaz com olhos cor de...

saudades

revolta.............

o amor

isto da angelina jolie...

repete lá isso, faxa vor!...

vamos ao circo...

não há quem (n)os entenda

hoje é assim....

e já passou um ano...

arquivos

Julho 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2015

Junho 2013

Maio 2013

Dezembro 2011

Novembro 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

tags

"se"

2009

21 gramas

3 doors down

30 rock

30 seconds to mars

a arte de comer oreo's

a família addams

a importância de ter um blog

a walk to remember

adam gontier

adam lambert

adele

aerosmith

akon

alesha dixon

alison moyet

amanhecer

apocalyptica

ascenção e queda

audioslave

avril lavigne

bandas sonoras

barack obama

bella morte

bella swan

beyoncé

birthday

bjork

bombons chineses

chris brown

coisa de miúdos

coldplay

crepúsculo

dancing the dream

de cor e salteado

de mim para vocês

desafios

dido

doce novembro

eclipse

edward cullen

entre a morte e a vida

evanescence

fábrica de histórias

filipa

fingertips

futebol

guano apes

guns n' roses

haja paciência

him

inxs

james morrison

jared leto

joana

katie melua

lamb

lidia

linkin park

livro do desassossego

lua nova

lua nova trailler

maria fátima soares

meu blog na revista brasileira de música

mian mian

michael jackson

muse

música para os meus ouvidos

natal

natalie imbruglia

ne-yo

nelly furtado

nós

o estranho caso de benjamin button

o principezinho

o que aqui revelo é para ficar entre nós

pablo neruda

paulo coelho

pearl jam

pedro khima

pérolas

pink

placebo

que surpresa tão linda

quem quer ser bilionário

rilke

rita redshoes

saint-exupéry

seal

simple plan

stephenie meyer

system of a down

teorias da conspiração

the rasmus

tokio hotel

último post

vikas swarup

whitney houston

within temptation

todas as tags

favoritos

Quero-te

Insónia

É À NOITE

Esfera

Palavras

ESSES TEUS CINCO SENTIDOS...

É

Porque não pára o tempo?

Confiança

Alma

links
blogs SAPO
subscrever feeds