Segunda-feira, 03.11.08

(imagem retirada da internet)

 

A vida que corre normalmente é apenas ilusão aos olhos de quem não quer acreditar. Há uma sombra em cada esquina, há um sussurro em cada passo. Os sonhos que são destruídos transformam-se em punhais afiados que se enterram no coração em cada noite que vai passando. Eles ouvem as nossas preces? Sentem as nossas lágrimas? A uma certa altura o sofrimento aloja-se na alma e, por mais que o disfarce seja perfeito, da alma o sofrimento não sairá. Quem nasceu sob o signo do infortúnio está condenado a ver muito para além das barreiras invisíveis que separam um mundo confuso e ilusório do mundo obscuro e verdadeiro. Ver o ar... Ouvir as preces... Todos os dias... Numa loucura permanente que mais não é do que justificação precoce ao que ninguém sabe explicar.

 

Trouble - Coldplay

Oh no, I see,

A spider web is tangled up with me,

And I lost my head,

The thought of all the stupid things I've said,

 

Oh no, what's this?

A spider web, and I'm caught in the middle,

So I turned to run,

The thought of all the stupid things I've done,

 

I never meant to cause you trouble

And I never meant to do you wrong,

And I, well if I ever caused you trouble

Oh no, I never meant to do you harm

 

Oh no, I see

A spider web and it's me in the middle,

So I twist and turn

Here am I in my little bubble.

 

Singing out, I never meant to cause you trouble,

I never meant to do you wrong,

Ahhh, well if I ever caused you trouble

Oh no, I never meant to do you harm

 

They spun a web for me

They spun a web for me

They spun a web for me

 


música trouble - coldplay

publicado por mafalda às 13:33 | link do post | comentar | ver comentários (10)

Quinta-feira, 16.10.08

De que valem as lágrimas derramadas sobre o que passou?

De que valem sonhos fantasiados naquele conto encantado que nunca existiu?

Já não visto vestidos de princesas, não festejo festas na corte...

Mas continuo aqui, continuo a ser eu!

 

Viva La Vida - Coldplay

I used to rule the world
Seas would rise when I gave the word
Now in the morning I sweep alone
Sweep the streets I used to own
I used to roll the dice
Feel the fear in my enemy's eyes
Listen as the crowd would sing:
"Now the old king is dead! Long live the king!"
One minute I held the key
Next the walls were closed on me
And I discovered that my castles stand
Upon pillars of sand, pillars of sand

I hear Jerusalem bells are ringing
Roman Cavalry choirs are singing
Be my mirror my sword and shield
My missionaries in a foreign field
For some reason I can not explain
Once you know there was never,

Never an honest word
That was when I ruled the world

It was the wicked and wild wind
Blew down the doors to let me in.
Shattered windows and the sound of drums
People could not believe what I'd become
Revolutionaries wait
For my head on a silver plate
Just a puppet on a lonely string
Oh who would ever want to be king?

I hear Jerusalem bells are ringing
Roman Cavalry choirs are singing
Be my mirror my sword and shield
My missionaries in a foreign field
For some reason I can not explain
I know Saint Peter will call my name
Never an honest word
And that was when I ruled the world

Hear Jerusalem bells are ringings
Roman Cavalry choirs are singing
Be my mirror my sword and shield
My missionaries in a foreign field
For some reason I can not explain
I know Saint Peter will call my name
Never an honest word
But that was when I ruled the world


música viva la vida - coldplay

publicado por mafalda às 14:59 | link do post | comentar | ver comentários (4)

Terça-feira, 23.09.08

(imagem retirada da internet)

 

Encontrei-te por acaso sem saber que poderias tornar-te no meu príncipe.

Caminhaste até mim por entre pessoas e prateleiras com um sorriso.

E eu pensei: "será para mim?".

Quando me falaste não tive dúvidas...

As tuas palavras sairam puras e sinceras e enfeitiçaram-me naquele momento.

Tudo à volta deixou de existir tranformando-se num cenário encantado feito de magia.

Os meus sonhos, que tão longe tinha esquecido, voltaram para mim e tu...

Tu tinhas aquele brilho no olhar... Uma fascinação que não tinha fim.

Quando pedi opinião foste útil na procura e fizeste os possíveis para agradar mas eu...

Eu sou difícil nas escolhas... Mas não tive dificuldade em saber que...

... Apaixonei-me por ti naquele primeiro instante!

Foi tudo tão rápido e inesquecível!

Foi tudo tão encantado e doce!

Foram momentos mágicos e surpreendentes.

Não havia música e por isso não dançamos.

Não havia fada e por isso o meu vestido era aquele que uso sempre.

Não havia sapatinhos de cristal...

Mas ajoelhaste-te a meus pés e apertaste o atacador da minha sapatilha!

Senti-me uma Cinderella no seu conto encantado...

E tudo à volta ficou normal!

O mundo voltou a girar, normal!

Os relógios, que tinham parado o tempo, voltaram ao normal!

Eu...

Tu...

Não podemos voltar ao normal!

Há algo que cresce...

Há algo por que vale a pena lutar.

E foi nesse dia que deixei de acreditar no "final feliz"...

Simplesmente porque esta história não terá fim!

 

 

Fix You - Coldplay

 

When you try your best but you don't succeed

When you get what you want but not what you need

When you feel so tired but you can't sleep

Stuck in reverse

 

And the tears come streaming down your face

When you lose something you can't replace

When you love someone but it goes to waste

Could it be worse?

 

Lights will guide you home

And ignite your bones

And I will try to fix you

 

And high up above or down below

When you're too in love to let it go

But if you never try you'll never know

Just what you're worth

 

Lights will guide you home

And ignite your bones

And I will try to fix you

 

Tears stream down on your face

When you lose something you cannot replace

Tears stream down on your face

And I

 

Tears stream down on your face

I promise you I will learn from my mistakes

Tears stream down on your face

And I

 

Lights will guide you home

And ignite your bones

And I will try to fix you

 


música fix you - coldplay

publicado por mafalda às 10:49 | link do post | comentar | ver comentários (14)

mais sobre mim
Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

sob o signo do infortúnio

Viva La Vida

cinderella dos tempos mod...

arquivos

Julho 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2015

Junho 2013

Maio 2013

Dezembro 2011

Novembro 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

tags

"se"

2009

21 gramas

3 doors down

30 rock

30 seconds to mars

a arte de comer oreo's

a família addams

a importância de ter um blog

a walk to remember

adam gontier

adam lambert

adele

aerosmith

akon

alesha dixon

alison moyet

amanhecer

apocalyptica

ascenção e queda

audioslave

avril lavigne

bandas sonoras

barack obama

bella morte

bella swan

beyoncé

birthday

bjork

bombons chineses

chris brown

coisa de miúdos

coldplay

crepúsculo

dancing the dream

de cor e salteado

de mim para vocês

desafios

dido

doce novembro

eclipse

edward cullen

entre a morte e a vida

evanescence

fábrica de histórias

filipa

fingertips

futebol

guano apes

guns n' roses

haja paciência

him

inxs

james morrison

jared leto

joana

katie melua

lamb

lidia

linkin park

livro do desassossego

lua nova

lua nova trailler

maria fátima soares

meu blog na revista brasileira de música

mian mian

michael jackson

muse

música para os meus ouvidos

natal

natalie imbruglia

ne-yo

nelly furtado

nós

o estranho caso de benjamin button

o principezinho

o que aqui revelo é para ficar entre nós

pablo neruda

paulo coelho

pearl jam

pedro khima

pérolas

pink

placebo

que surpresa tão linda

quem quer ser bilionário

rilke

rita redshoes

saint-exupéry

seal

simple plan

stephenie meyer

system of a down

teorias da conspiração

the rasmus

tokio hotel

último post

vikas swarup

whitney houston

within temptation

todas as tags

favoritos

Quero-te

Insónia

É À NOITE

Esfera

Palavras

ESSES TEUS CINCO SENTIDOS...

É

Porque não pára o tempo?

Confiança

Alma

links
visitas
free hit counter
blogs SAPO
subscrever feeds