Quarta-feira, 08.04.09

Só a tua voz é capaz de arrepiar a minha pele que anseia pelo teu toque.

Só o teu olhar é capaz de estremecer com as paredes do meu coração.

És mais doce do que aquelas laranjas que colhemos e nunca hei-de esquecer aquele pôr-do-sol que presenciou a minha confissão.

 

Amo-te, eu disse.

Amo-te, respondeste.

 

Mesmo com uma distância de universos sou capaz de saber quando falas;

As tuas palavras chegam a mim como se o vento cantasse um qualquer hino iventado por ti.

Sei quando estás triste, quando estás contente e quando estás assim-assim;

Metade das tuas emoções são minhas e a outra metade é do mundo...

Não há segredos em ti.

 

És mais doce do que aquelas laranjas que colhemos e nunca hei-de esquecer a espontaneidade da minha confissão.

 

Amo-te, dissemos, depois, em uníssono.

 

Conheço-te melhor do que conheço a mim e conheces-me melhor do que eu me conheço.

Mas...

Pergunto-me...

Saberás que estas lágrimas que choro são de alegria?

Não me consoles!

Dá-me mais razões para chorar.

 

 

Ele: Olha um arco-íris!

Ela: Conheces a lenda? Diz-se que há um tesouro no fim do arco-íris. Vendo a nitidez das cores, atrevo-me a dizer que estamos próximos desse fim.

Ele: Então o tesouro está algures por aqui.

Ela: Bem, também me atrevo a dizer que o tesouro está mesmo aqui ao meu lado! E (sussurrando) ele anda e fala e respira...

Ele: Lendas!

Ela: Isto de chover e estar sol ao mesmo tempo não acontece todos os dias. And the shadow of the day will embrace the world in grey.

Ele: And the sun will set for you.

 

Shadow Of The Day - Linkin Park

I close both locks below the window
I close both blinds and turn away
Sometimes solutions aren't so simple
Sometimes goodbye's the only way

And the sun will set for you
The sun will set for you
And the shadow of the day
Will embrace the world in grey
And the sun will set for you

In cards and flowers on your window
Your friends all plead for you to stay
Sometimes beginnings aren't so simple
Sometimes goodbye's the only way

And the sun will set for you
The sun will set for you
And the shadow of the day
Will embrace the world in grey
And the sun will set for you

And the shadow of the day
Will embrace the world in grey
And the sun will set for you

And the shadow of the day
Will embrace the world in grey
And the sun will set for you

 

SOBRE O POST ANTERIOR:

A mentira era:

"8. nunca consegui ler um livro do José Rodrigues dos Santos; aliás, tentei uma vez mas achei a escrita tão enfadonha que prometi a mim mesma não mais pegar em livros da sua autoria"

Devoro os livros do Zézinho! :)


música shadow of the day - linkin park

publicado por mafalda às 09:29 | link do post | comentar | ver comentários (36)

Quinta-feira, 19.03.09

Ele, passando-lhe um embrulho: Toma! É para ti.

Ela, entusiasmada: Um presente, para mim? É de comer?

Ele: Deixa-te de histórias e abre!

Ela: Já percebi que é música. Não é da Pink nem da Beyoncé; também não é do Eminem porque o álbum ainda não foi lançado, digo eu...

Ele: Abre lá isso! Para a próxima não peço para embrulhar!

Ela abre e fica a olhar, incrédula: O "Chinese Democracy"?! Mas este é... Tipo... É o melhor álbum dos últimos tempos! Eu já o ouvi!

Ele: Pois, eu sei! Fui eu quem to emprestou...

Ela: Adoro os Guns N' Roses! Adoro cada música deste cd!

Ele: E faria sentido oferecer-te alguma coisa da qual não gostasses?

Ela fica a reflectir na questão.

Ele, passando-lhe um segundo embrulho: Este é a tua cara!

Ela: É um livro...

Ele, impaciente: Deixa-te de dar palpites!

Ela: É o "Sapatos de Rebuçado"?

Ele: Não!

Ela abre e lê o título: "Odes Elementares", Pablo Neruda! Não conheço...

Ele, a brincar: O Pablo?

Ela: Por amor da santa!!! O livro!

Ele, a rir: Então abre na página 37 e lê a partir da quarta linha.

Ela obedece:

 

"Quando pela primeira vez

ela veio a meus braços

passou como as águas

numa despenhada primavera.

Hoje

dou-lhe guarida.

São estreitas as minhas mãos e pequenas

as órbitas dos meus olhos

para que elas possam receber

o seu tesouro,

a cascata

de infindável luz, o fio de ouro,

o pão da sua fragância

que são singelamente, Amor, a minha vida"

 

Ela: Não sei como agradecer... Tudo!

Ele: Gostas... De tudo?

Ela: Adoro... Tudo!

Ele: Então está agradecido... Tudo!

 

E porque eu sei que gostas:

 

Leave Out All The Rest - Linkin Park

I dreamed I was missing, you were so scared
But no one would listen, cause no one else care
After my dreaming I woke with this fear
What am I leaving when I'm done here

So if you're asking me I want you to know

When my time comes forget the wrong that I've done
Help me leave behind some reasons to be missed
Don't resent me and when you're feeling empty
Keep me in your memory, leave out all the rest
Leave out all the rest

Don't be afraid of taking my beating, I've shared what I made
I'm strong on the surface, not all the way through
I've never been perfect, but neither have you

So if you're asking me I want you to know

When my time comes forget the wrong that I've done
Help me leave behind some reasons to be missed
Don't resent me and when you're feeling empty
Keep me in your memory, leave out all the rest
Leave out all the rest

Forgetting all the hurt inside you've learned to hide so well
Pretending someone else can come and save me from myself
I can't be who you are

When my time comes forget the wrong that I've done
Help me leave behind some reasons to be missed
Don't resent me and when you're feeling empty
Keep me in your memory, leave out all the rest
Leave out all the rest

Forgetting all the hurt inside you've learned to hide so well
Pretending someone else can come and save me from myself
I can't be who you are, I can't be who you are


música leave out all the rest - linkin park

publicado por mafalda às 09:15 | link do post | comentar | ver comentários (69)

Quinta-feira, 26.02.09

http://umcantinhosomeu.blogs.sapo.pt/arquivo/jackmoreninha1118586788.jpg

(imagem retirada da internet)

 

"As rosas têm espinhos e o amor também.

Quando as pétalas caem, são lágrimas de viúva que se derramam.

Eu e este clima chuvoso, sempre a lacrimejar e a derramar-se, sempre tiveram alguma coisa em comum.

O ruído imperceptível da chuva separava-me do mundo.

O vento trazia-me canções do meu amante, já não podia abraçá-lo, já não podia suplicar-lhe, já não podia agradecer-lhe, a minha cabeça estava entalada contra um grande rochedo; se, ao menos, pudesse esquecê-lo..."

 

Mian Mian

 

Crawling - Linkin Park

Crawling in my skin,
These wounds they will not heal,
Fear is how I fall,
Confusing what is real

There's something inside me that pulls beneath the surface,
Consuming, confusing,
This lack of self control I fear is never ending,
Controlling
I can't seem
To find myself again,
My walls are closing in,
(Without a sense of confidence,
I'm convinced that there's just too much pressure to take)
I've felt this way before,
So insecure

Crawling in my skin,
These wounds they will not heal,
Fear is how I fall,
Confusing what is real,

Discomfort endlessly has pulled itself upon me,
Distracting, reacting,
Against my will I stand beside my own reflection,
It's haunting,
How I can't seem,
To find myself again,
My walls are closing in,
(Without a sense of confidence,
I'm convinced that there's just too much pressure to take)
I've felt this way before,
So insecure...

Crawling in my skin,
These wounds they will not heal,
Fear is how I fall,
Confusing what is real...


There's something inside me that pulls beneath the surface,
Consuming,

Confusing what is real...
This lack of self control I fear is never ending,
Controlling,

Confusing what is real...


música crawling - linkin park

publicado por mafalda às 09:00 | link do post | comentar | ver comentários (14)

mais sobre mim
Julho 2017
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab

1

2
3
4
5
6
7
8

9
10
11
12
13
14
15

16
17
18
19
20
21
22

23
24
25
26
27
28
29

30
31


posts recentes

laranjas ao arco-íris

rock e poesia

em forma de desabafo

arquivos

Julho 2017

Fevereiro 2017

Janeiro 2015

Junho 2013

Maio 2013

Dezembro 2011

Novembro 2010

Abril 2010

Março 2010

Fevereiro 2010

Janeiro 2010

Dezembro 2009

Novembro 2009

Outubro 2009

Setembro 2009

Agosto 2009

Julho 2009

Junho 2009

Maio 2009

Abril 2009

Março 2009

Fevereiro 2009

Janeiro 2009

Dezembro 2008

Novembro 2008

Outubro 2008

Setembro 2008

Agosto 2008

Julho 2008

Junho 2008

Maio 2008

Abril 2008

Março 2008

Fevereiro 2008

tags

"se"

2009

21 gramas

3 doors down

30 rock

30 seconds to mars

a arte de comer oreo's

a família addams

a importância de ter um blog

a walk to remember

adam gontier

adam lambert

adele

aerosmith

akon

alesha dixon

alison moyet

amanhecer

apocalyptica

ascenção e queda

audioslave

avril lavigne

bandas sonoras

barack obama

bella morte

bella swan

beyoncé

birthday

bjork

bombons chineses

chris brown

coisa de miúdos

coldplay

crepúsculo

dancing the dream

de cor e salteado

de mim para vocês

desafios

dido

doce novembro

eclipse

edward cullen

entre a morte e a vida

evanescence

fábrica de histórias

filipa

fingertips

futebol

guano apes

guns n' roses

haja paciência

him

inxs

james morrison

jared leto

joana

katie melua

lamb

lidia

linkin park

livro do desassossego

lua nova

lua nova trailler

maria fátima soares

meu blog na revista brasileira de música

mian mian

michael jackson

muse

música para os meus ouvidos

natal

natalie imbruglia

ne-yo

nelly furtado

nós

o estranho caso de benjamin button

o principezinho

o que aqui revelo é para ficar entre nós

pablo neruda

paulo coelho

pearl jam

pedro khima

pérolas

pink

placebo

que surpresa tão linda

quem quer ser bilionário

rilke

rita redshoes

saint-exupéry

seal

simple plan

stephenie meyer

system of a down

teorias da conspiração

the rasmus

tokio hotel

último post

vikas swarup

whitney houston

within temptation

todas as tags

favoritos

Quero-te

Insónia

É À NOITE

Esfera

Palavras

ESSES TEUS CINCO SENTIDOS...

É

Porque não pára o tempo?

Confiança

Alma

links
visitas
free hit counter
blogs SAPO
subscrever feeds